Diário de Viagens e Trabalhos do Pajé
15fev/122

Relembrando a primeira motocicleta – Yamaha XV250, o retorno.

Salve g@lera.

Para quem não sabe, minha primeira motocicleta foi uma Yamaha Virago 250 1998/1999, fotos aqui. Deste então sempre apreciei esta moto, sua beleza estética, bem como seu leque de opções através das versões disponíveis no mercado que são xv250, xv535, xv750 e xv1100.

Esta primeira aquisição aconteceu em meados de 2006, quando ainda residia na cidade de Brasília-DF e como um grande apaixonado, sempre pensei em adquirir outra para fazer algumas modificações. Enfim é chegada a hora.

A Ruíva, apedido da primeira virago, nunca será substituída até por que foi a primeira, mas neste ano de 2012 tomei a decisão de comprar outra e substituir a Burgman - AN125, nos deslocamentos diários. Sei que se tratando de uma custom, mesmo de baixa cilindrada, não é uma motocicleta muito confortável para andar no trânsito de São Paulo, mas por ser leve e pelo prazer acho que vai valer a pena.

Sem mais delongas, apresento-lhes à Pretinha, minha nova paixão de duas rodas.

Pretinha

Abraços e Viva Zapata!!!

Comentários (2) Trackbacks (0)
  1. Caro page tbem tenho uma viraguinho e estou querendo colocar um guidom alto, mas estou em duvida com relação ao cabos do acelerador e o flexivel do freio???? quais foram os utilizados por vc???

    Abraços
    Bubba – Piratas da Ilha – Guarujá

  2. Grande Waldir
    Esse guidão tem 30 cm e não precisou de mudanças quanto aos cabos. Foram utilizados os originais que não estão esticados até o limite. Ficou perfeito.
    Se quiser colocar um mais alto, vai precisar encontrar alguém que faça cabos ou algum de outra moto que sirva.
    Abraços.


Leave a comment


*

Trackbacks estão desabilitados