Diário de Viagens e Trabalhos do Pajé
11nov/110

Criando usuário no MySQL para Zabbix “Read Only”

Posted by Pajé

S@lve pessoal.

Já faz alguns dias que fui incumbido de replicar o ambiente de monitoração, que está em uma rede protegida e sem acesso externo, e criarmos uma aplicação onde clientes pudessem acessar esses sistemas em tempo real.

Depois do sistema arquitetado, repliquei as aplicações e criei um usuário de acesso ao banco MySQL somente com privilégios de UPDATE. O objetivo neste caso era garantir maior segurança, uma vez que teríamos conexões originadas do ambiente DMZ direto para a rede de Gerenciamento. Na regra o fluxo se dá do ambiente de DMZ para um ambiente de Backend e sendo assim quando maior for a limitação do acesso melhor.

Sendo assim, criei o usuário no MySQL com o seguinte comando:

GRANT SELECT ON zabbixdb.* TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1'
IDENTIFIED BY 'zabbixpw';

Explicações: Adiciona usuário no MySQL somente com permissão de SELECT.

  • zabbixdb= Nome da base de dados Zabbix;
  • *= Todas as tabelas no Zabbix;
  • zabbixuser= Nome do usuário para acesso a base de dados;
  • 192.168.0.1= Endereço IP do servidor de aplicação Zabbix;
  • zabbixpw=  Senha do usuário.

Mesmo após a criação do usuário, o sistema ficou extremamente lento e improdutivo. Isso acontece pois o Zabbix necessita escrever em algumas tabelas e esse usuário só consegue realizar SELECT. Além disso em nenhum momento é exibido ao usuário mesmo habilitando o display_errors no PHP, as queries de erro para que possamos habilitar as credenciais de acesso.

Como o objetivo e modificar o menos possível o código do Zabbix e as tabelas que ele necessita escrever são só para registro de acesso e logs, as seguintes tabelas devem ser permissionadas com os comandos abaixo:

GRANT INSERT, UPDATE, DELETE ON zabbixdb.sessions
TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1';
GRANT INSERT, UPDATE, DELETE ON zabbixdb.profiles
TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1.';
GRANT UPDATE ON zabbixdb.user_history TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1';
GRANT UPDATE ON zabbixdb.ids TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1';

Como isso teremos um usuário que escreve o mínimo possível na base de dados, garantindo maior integridade dos dados e do seu ambiente de gerenciamento.

Caso queira visualizar os permissionamentos concedido ao usuário, utilize os comandos a seguir:

SHOW grants FOR rouser@192.168.0.1;
+------------------------------------------------------------------------------------------------+
| Grants FOR zabbixuser@192.168.0.1                                                              |
+------------------------------------------------------------------------------------------------+
| GRANT USAGE ON *.* TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1' IDENTIFIED BY PASSWORD '*61A8A301EE8740F5733' |
| GRANT SELECT ON `zabbixdb`.* TO 'rouser'@'192.168.0.1'                                         |
| GRANT UPDATE ON `zabbixdb`.`user_history` TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1'                        |
| GRANT INSERT, UPDATE, DELETE ON `zabbixdb`.`profiles` TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1'            |
| GRANT UPDATE ON `zabbixdb`.`ids` TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1'                                 |
| GRANT INSERT, UPDATE, DELETE ON `zabbixdb`.`sessions` TO 'zabbixuser'@'192.168.0.1'            |
+------------------------------------------------------------------------------------------------+
6 ROWS IN SET (0.00 sec)

Abraços e até a próxima.

Categorias: Geral Sem Comentários
30ago/100

AC/DCítio, rock and roll e cerveja

Posted by Pajé

Dia 24/09/2010 que se prepare, pois Juquitiba/SP vai balançar ao som do bom e velho “rock and blues”, regado a muita cerveja, cachaças, vinhos e tudo mais que o povo levar. Esse fim de semana fui com o meu pai, Sr. José ou só Zezinho, colocar o novo portão e finalizar a saga da placa que já estava devendo fotos. Veja aqui detalhes da construção da placa.

Meu pai montou o portão e fixamos o bicho no local. O portão é feito todo em peroba, então você já consegue ter ideia do peso dele. Foi uma trabalheira doida... mas está lá firme e forte. Neste mesmo fds também definimos o local onde será construída a piscina. Essa preciosidade será confeccionada em alvenaria tradicional, nada de fibra de vidro ou vinil, com dimensões de 6mX3m e 1,40mX1,60 de profundidade, além de levar um bom tempo devido a racionalização do $$.

Então tá falado. Convido à todos para se apresentarem devidamente uniformizados com calça jeans e camiseta preta,  munidos  de seus copos de cerveja e acompanhados de alguma coisa alcoólica para compartilhar com o povo do rock no AC/DCítio. Dia 24/09 na festa de inauguração da placa e portão. Seguem as  fotos do portão e placas instalados:

Informações é só mandar e-mail ou mensagem pelo blog. Abr@ços

2ago/102

Peças paralelas ou originais? Qual comprar???

Posted by Pajé

Minha motinha, Burgman AN125, estava com as pastilhas do freio dianteiro bastante gastas e já encostando o ferro no disco. Logo comecei a realizar uma pesquisa nas concessionárias Suzuki de São Paulo. Liguei nas lojas de Interlagos, Santo Amaro, Morumbi e Ibirapuera para orçar as peças, pois aproveitando o ensejo resolvi fazer uma revisão completa nos freios e trocar também o traseiro que devem estar gastos.

Fazendo uma avaliação dos preços, notei que em média eu gastaria:

- Pastilhas: R$42,00
- Patim: R$47,00
- Mão de obra: R$40,00
- Total da revisão: R$129,00

Perfeito. Agora com os preços fui agendar a manutenção. Como a semana passada foi super agitada para mim não consegui cumprir com os agendamentos e como a pastilha já estavam bem gastas, resolvi passar em uma loja de motos que fica perto da minha casa.

Minha reação foi de espanto quando perguntei qual seria o preço das pastilhas e tive como resultado a resposta: "Colocada eu faço 20 reais." Minha resposta imediata, até mediante minha falta de tempo e a marca que estava se formando no disco foi.... Troca... e agora.... hahaha

Enquanto o cara estava colocando as pastilhas novas, que se resume a retirada de dois parafusos  e reencaixe das peças, fiquei me questionando se estava fazendo a coisa certa, pois todos sabemos que peças paralelas normalmente são sinônimos de baixa qualidade.

Bem, vamos analisar. Temos R$ 40,00 X  R$ 129,00, mais ou menos 3 vezes o valor das originais e quanto ao risco de problemas, vamos imaginar que no máximo o que pode acontecer são elas gastarem mais rápido. Veja que eu jamais faria uma comparação dessas se estivéssemos tratando de uma bomba de combustível por exemplo.

Será que não vale mais a pena essas paralelas? Uma vez que se elas tiverem uma vida útil menor que as originais, será que 3 delas não vão durar mais ou pelo menos o mesmo tempo das originais? A manutenção não é cara, mas de 40 para 129 temos uma diferença brutal.

Sendo assim resolvi arriscar. Troquei somente as pastilhas, mas vou passar por lá e trocar os Patims também ainda esta semana e quando tiver uma avaliação mais detalhada da peça quanto a qualidade faço um review. Só o tempo vai dizer se fiz a coisa certa.

Abr@ços do Pajé.

23jul/101

Liberte seu Data Center. Construa um NOC livre.

Posted by Pajé

Olá pessoal.

Faz tempo que não posto nada no blog e confesso que foi por falta de tempo. Trabalho, trabalho e trabalho que não acaba mais. Enfim, hoje como estou participando do Fisl 11 em Porto Alegre -RS, estou com mais tempo para postar e vamos falar sobre a palestra que acabo de ministrar com o tema: Liberte seu Data Center. Construa um NOC livre.

No Fisl 10, ano passado, ministrei uma palestra sobre Zabbix como ferramenta para monitoração de Data Centers. Já neste ano foi uma palestra mais macro, visando detalhar os softwares utilizados pela empresa onde trabalho na composição do ambiente de service desk e seus fluxos de operação.

Uma palestra que não tem um foco técnico das ferramentas utilizadas, mas com o objetivo de detalhar e demonstrar essa experiência obtida após 2 anos de muito trabalho.

Baixe aqui a apresentação utilizada na palestra.

Abraços e muito obrigado à todos que estiveram presentes.  Saudações livres.

19jun/102

Instalação da nova bolha da Viúva Negra

Posted by Pajé

Finalmente instalei a nova bolha, para-brisa,  na Viúva Negra. Não foi uma tarefa fácil porém o resultado foi simplesmente perfeito.

Tinha recebido a bolha na terça-feira, dia 15/06/2010, e estava bastante ansioso para realizar a instalação. Como comprei ela direto do fabricante, no final deixo o contato pois os preços do cara são imbatíveis, e se tratar de uma fabricação digamos “artesanal”,  a ferragem do suporte mesmo sendo em inox não me deixou muito contente. Bem, eu tinha uma bolha velha que estava instalada com a ferragem perfeita e logo pensei... vou adaptar nessa ferragem mais resistente.

Já comecei poupando um trabalho pois a ferragem antiga já estava na motocicleta. Desmontei a parte de fora da ferragem e realizei as medições. Droga.... tudo fora de lugar. Penso aqui, analiso ali, várias anotações e marcações e enfim cheguei em a uma conclusão. Depois de colocar uma parte novamente notei que existiam erros quanto ao tamanho da ferragem velha e ficaria passando demais das marcas e furos da bolha nova. Novamente pensa daqui, pensa dali, inverti os lados da peça e.... eureca.... deu certo... Agora só precisava mandar cortar uma parte do inox e instalar.

Fui até a serralheria, cortei o inox, furadeira na base para refazer alguns furos e tudo pronto para colocar a bolha. Tudo parafusado e lá está ela. Ficou muito legal. Agora só falta arrumar os faróis auxiliares que ficaram meio fora por conta do tamanho da nova bolha. É isso. Fotos abaixo do trabalho concluído.

@braços do Pajé.

Não esquecendo, comprei a bolha do Nelson. Ele mesmo quem fabrica as bolhas em Ibiúna e seus contatos são: Fone 11 7956- 4040 - E-mail bolhaecia@gmail.com

Bolha instalada 01

Bolha instalada 02

A Viúva Negra

Categorias: Geral 2 Comentários